Os Materiais

 

 

image

Da Série PROfessores PROfissionais

Hoje vamos falar sobre os…

Materiais de divulgação e didáticos!

Vamos direto ao ponto então!

imageA ex colega de UFSM Cheisa Goulart, de Bagé – RS é um exemplo de profissionalismo com o recém inaugurado Estúdio, que leva o seu nome. Ela, além de ter feito um lindo logo, ter montado sua sala de aula ocupando parte de sua casa (dividindo o espaço com o seu marido, que é dentista), também investiu em lindos itens para divulgação de sua marca em forma de materiais. Um deles, que eu achei o mais bacana, é uma sacola de TNT azul com o logo nas cores azul e branco. Ficou simples. Ficou bonito. Ficou funcional! Isso porque os alunos usam para carregar o material das aulas e ela deu como brinde no início do ano! Muito dirão que ela poderia ter vendido, mas se pensarem que os alunos sairão por aí felizes e contentes carregando suas lindas sacolinhas, projetando a imagem do logo da Cheisa e que através disso mais pessoas ficarão sabendo do seu trabalho, então ela já saiu no lucro! Sei que muitas escolas de música fazem isso, mas ver uma professora particular de piano ter essa iniciativa, realmente mostra que ela leva muito a sério o seu trabalho e que quer divulgá-lo na comunidade onde mora! Vejam que LINDAS ficaram as sacolinhas!

 

Então se você mora em Bagé ou região e quiser fazer aulas com uma excelente professora, acesse a página da Cheisa no Facebook:

https://www.facebook.com/cheisagoulartediogocielo/

imageOutra colega que também montou um kit de materiais com seu logo foi a Adriana Moraes, de Ribeirão Preto – SP. Ela imprimiu adesivos e colou em cadernos, agendas e pastinhas para entregar aos alunos! Mais um exemplo de propaganda indireta, mas muito eficiente e bonita com coisas úteis e que certamente serão usadas pelos alunos! Quando vi as fotos no Facebook da Adriana, sabia que deveria compartilhar! Assim como eu fiquei inspirada com a atitude empreendedora dela, senti que muitos outros colegas poderia ser motivados a também fazerem o mesmo! Mais uma vez, esse tipo de kit vemos sendo entregue em escolas de música, mas raramente por um professor particular. Então, parabéns Adriana!

 

Ficaram fantásticos, não?

Bem, Adriana recentemente concluiu seu mestrado na USP de Ribeirão Preto sob a orientação da queridíssima Fátima Corvisier. O tema foi uma excelente pesquisa sobre materiais de iniciação ao piano para Adultos. Como Adriana está se especializando no assunto, em breve lançará um blog somente com informações para o ensino de alunos dessa faixa etária! Embora ainda esteja em construção, vale já mencionar aqui o endereço e futuramente vocês podem conferir! Tenho certeza de que vem muita coisa boa por aí! E se você morar em ribeirão Preto e região não deixe de entrar em contato com a querida Adriana para fazer aulas!

https://pianolar.wordpress.com/

Além de materiais de apoio e divulgação, qualquer professor de música que se preze precisa investir em livros didáticos. Espere um momento! Eu acho que escrever isso uma vez não é o suficiente. Deixe-me repetir: TODO O PROFESSOR DE MÚSICA QUE SE PREZE PRECISA INVESTIR EM LIVROS DIDÁTICOS! Ok, agora sim enfatizei bem! Querido colega! Eu sei que é caro! Eu sei que nem sempre sobra muito no final do mês. Eu sei que comprar livros parece um luxo pra quem tem aluguel e contas para pagar. Eu sei também que é muito mais fácil e cômodo usar aquele PDF que o amigo enviou pra gente por email ou fazer cópia (cruz credo, que isso me dá arrepios), mas lembre-se que embora no nosso país as pessoas infelizmente não levem muito isso a sério, esses materiais têm DIREITOS AUTORAIS, por isso comprá-los é a maneira certa de proceder. Não vou mais me alongar sobre isso. Não quero parecer antipática nem moralista, mas penso que é importante trazer alguma reflexão sobre o assunto porque vejo muito pouca gente falando a respeito e o compartilhamento de materiais protegidos segue sendo feito de forma muito natural, o que me causa muita tristeza.

imageGostaria então de citar o exemplo do Nando Sanges, um aluno recém formado no curso de Licenciatura em Música com ênfase em piano! No seu TCC ele abordou materiais de iniciação musical no piano para crianças. Mesmo estando no comecinho da sua caminhada como professor de piano, Nando SEMPRE reserva uma pequena porcentagem do seu ainda pequeno salário (ele está começando, se lembra?) para comprar livros didáticos para usar com os alunos! Que exemplo para mim e para tantos outros profissionais. Se esse menino consegue comprar um ou dois livros por mês, que é a sua meta, por que eu ou você não podemos fazer o mesmo? Sem falar que isso é um incentivo para que os pais e alunos invistam em livros também! Ou você acha que eles vão comprar se nem você faz isso? Vejam então algumas das coleções que Nando está adquirindo:

 

 

Ah, mas daí aquela pessoa que acha tudo difícil pode dizer que hoje em dia com a extinção das lojas de partitura a única forma de comprar livros é pela internet. E o problema é que não dá para abrir o livro pra ver o que tem dentro antes de comprar. Então escuta só, o Nando vai ajudar você! Ele acabou de criar um blog só para fazer resenhas de materiais didáticos para piano! Assim você pode ter mais informações antes de decidir se vale a pena comprar ou não! Tá bom pra você assim? Então acessa lá. E se você for de Santos ou São vicente – SP, procure o Nando para fazer aulas!

https://pianizando.blogspot.com.br/

Mas não é só de livros que estamos falando não! Para enriquecer as aulas existem muitos outros materiais e recursos como os jogos!

imageA querida Daiane Raatz de Porto Alegre é uma super professora que está sempre antenada com as últimas tendências de jogos e atividades para usar com os alunos. Cada vez que acesso o Facebook tem lá um post dela com uma fotinho de uns bichinhos fofos, de cartinhas, de um spinner e, é claro,  dos alunos com um sorriso no rosto aproveitando ao máximo esses materiais. Se eu fosse criança adoraria estudar com a tia Daiane! Será que ainda tem vaga? Vejam só:

 

 

E ela ainda dá as dicas de onde encontrar esses materiais. Além do blog dessa humilde serva que vos fala, a Daiane pega jogos nos seguintes sites:

www.composecreate.com
www.susanparadis.com
www.teachpianotoday.com
https://www.youtube.com/channel/UCqPsjhRIjGTf4jjAF3DZ-vQ – canal do Piano Pérolas

E agora Daiane tem uma página no Instagram onde compartilha essas fofuras de jogos e fotos dos alunos! Não dá pra perder! Então bora lá seguir:

https://www.instagram.com/daianepianostudio/

E se você mora em Porto Alegre e está procurando uma excelente professora de piano, já achou! Entre em contato com a Daiane.


E então meu amigo, minha amiga professor particular de música! Depois desses exemplos de profissionais maravilhosos, não dá mais ânimo e vontade de ser melhor a cada dia? De sair correndo pra fazer umas sacolinhas, ou adesivos ou comprar livros e fazer jogos? Se eles inspiram vocês tanto quanto a mim, então vocês devem estar super motivados para trazer materiais de divulgação e materiais didáticos de qualidade para as suas aulas!

Um ótimo ensino de música a todos,

image

 

 

Anúncios

The Studio!!

image

Olá!! Após um intervalinho de alguns dias estou voltando com as postagens. Vou trocar um pouquinho a ordem e hoje falar sobre a parte de infraestrutura e logo mais voltamos com os folders, ok?

Da Série PROfessores PROfissionais hoje vamos falar sobre o…

STUDIO ou Estúdio

Então! O trabalho de professor particular de música precisa de dois elementos de infraestrutura essenciais para acontecer: um instrumento em boas condições de uso e um local! Nem sempre é possível começarmos tendo um local bacana para dar aulas. Eu mesma sempre trabalhei indo em domicílio e apenas recentemente estou atendendo alunos na minha casa para me adequar a nova realidade de mãe de um bebê de 5 meses! Mas ter um cantinho, seja na sala de estar, seja num pequeno home office ou num  outro cômodo destinado especificamente para as aulas, já é o suficiente! O mais importante é transformar esse espaço num local tranquilo, longe dos distúrbios da casa, que seja limpo, bem organizado e convidativo para os alunos. Um piano bem afinado e regulado, um banco ajustável, uma mesinha para atividades, prateleiras para guardar livros e materiais, quadrinhos bacanas e um sofazinho poderiam compor o kit básico para se começar!

imageA querida Ana Paula S. Thiago de Florianópolis atende alunos na sua casa usando basicamente esses elementos que acabei de citar! E precisa de mais? Bem, ela ainda usa todos os seus dotes manuais para incrementar o espaço com pequenos detalhes e trazer mais aconchego em itens super úteis como um banquinho para apoiar os pés dos pequenos e uma toalhinha fofa para jogos com uma pauta bordada. Ela aceitou compartilhar conosco o passo a passo desse trabalho tão caprichoso. Vejam as fotos no slide abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma lindeza, não é? Se eu fosse aluna da Ana Paula com certeza iria ADORAR usar o banquinho colorido e a toalha bordada!

Então, se você é de Florianópolis ou região e está procurando uma ótima professora de piano, já sabe onde encontrar! A página de perfil da Ana Paula no Facebook é:

https://www.facebook.com/anapaula.sthiago?ref=br_rs

Mas se você já tem condições de investir em um espaço comercial alugado, hoje veremos o caso de dois colegas que montaram o que nos Estados Unidos ficou conhecido como Studio – um espaço que pode ser uma sala comercial ou uma parte da casa onde o professor particular de instrumento dá as suas aulas. Geralmente estamos falando de um cômodo só, mas pode ter uma saleta de espera para alunos e pais. Bem, sendo apenas um professor trabalhando em um único espaço não seria necessário a contratação de uma secretária. Obviamente existem alguns trâmites burocráticos como alvarás de funcionamento e impostos, bem como a criação de um cnpj, mas tudo isso pode ser esclarecido com uma visitinha no Sebrae para falar com um consultor. É de graça. Outra questão importante a se considerar além dos custos fixos e da papelada é escolher uma localização que seja próxima ao nicho de alunos que se deseja ensinar, seja em um bairro específico ou no centro da cidade.

imageA Mariana Nascimento, ex aluna da UFSM, recentemente montou um Studio para dar suas aulas de piano, que está localizado na Cidade de Santa Maria – RS. Ela fez uma página no Facebook para divulgar e eu fiquei ENCANTADA com o espaço! Ficou tão bonito, tão organizado, tão funcional! Se eu fosse um aluno e chegasse ali para ter uma aula experimental, qual seria minha primeira impressão? Bem, eu ficaria muito bem impressionada com o lugar e certamente pensaria que a qualidade do local deve se refletir também na qualidade da professora e das aulas!

Olhem só que gracinha:

Se você é de Santa Maria e Região e gostaria de ter aulas com a Mariana no seu lindo Studio, entre em contato através da sua página no Facebook! E se você é professor de música e está acompanhando os posts, aproveite para dar uma olhada no ótimo logo dela! 😉

https://www.facebook.com/mariananascimentopiano/

imageO outro exemplo que trago é de um colega também da UFSM, o  André Isaia, um SUPER professor de violino, que tem certificação SUZUKI. Ele já fez vários cursos em cidades do Brasil e no Exterior, tem experiência de longa data ensinando o instrumento e há alguns anos montou esse seu espaço super simpático para as aulas em Santa Maria – RS. Além de ter muito carisma e os alunos adorarem suas aulas, André, assim como a Mariana e a Ana Paula, começa a criar essa cultura do professor particular de instrumento que trabalha como autônomo e atende seus alunos num ambiente super profissional! Vejam as fotos:

 

Maravilhoso, não é mesmo?

Para ter informações sobre o André e as aulas de violino acesse o site:

http://metodosuzuki.com.br/

Bem! Sei que para muitos o sonho do Studio ainda está longe de ser possível. Acredite! Eu sei muito bem o que é isso, após tanto tempo indo na casa dos alunos ensinar! Mas a vida segue, e se a gente se esforça e as pessoas gostam do nosso trabalho, o dia de ter um espaço vai chegar! Então, vamos seguindo em frente e lutando por isso!

Um ótimo ensino a todos,

image

PROfessores PROfissionais!

E a missão agora é…

Compartilhar pequenas ações de gente como a gente, ou seja, professores que trabalham “like a PRO”! Sei que muitos colegas dão aulas em escola de música e alguns até são donos de uma, mas agora é a vez de exaltar aqueles que trabalham como autônomos e mostrar o que eles fazem de melhor para tornar seu trabalho mais “profissa”!

Ao longo desses anos aqui no blog e no grupo de WhatsApp de professores de piano do querido Eduardo Fontes, tenho tido a sorte de conhecer e aprender com centenas de professores Brasil afora e achei que era quase um dever convidar esses colegas aqui para o blog e apresentá-los à vocês! Tenho certeza de que eles têm muito a contribuir com seus exemplos de dedicação e profissionalismo. Seriam muitos a serem citados, mas tive que selecionar apenas alguns deles. Espero que suas histórias e pequenas ações nos inspirem nesse início de semestre a tornar nosso trabalho ainda mais profissional.

image.png

Como vai funcionar?

Bem, cada dia vou apresentar um assunto que envolva tanto a parte técnica, estrutural, como pedagógica. Tudo para ajudar a promover seu trabalho, melhorar a infraestrutura e incrementar o ensino! Você não pode perder! Serão cinco dias de muito conteúdo e em cada um citando queridos colegas que são verdadeiros exemplos em tópicos como:

A criação de um LOGO

Ter um SITE profissional

Fazer FOLDERS promocionais

Realizar EVENTOS e CURSOS

Confeccionar MATERIAIS

Começa dia 7 de agosto!

Até lá!

image

 

Relembrando a Maratona

Hoje tem sessão “recordar é viver” aqui no blog!

Há pouco mais de um ano eu estava decidida a colocar o blog para funcionar de vez e fazer publicações mais frequentes! Me desafiei com a meta de fazer um post por dia durante 1 mês!  Foi algo que me fez sair da zona de conforto mesmo!! Pode acreditar! Deu trabalho, mas valeu todo o esforço! O blog ficou recheado de conteúdo e mais pessoas passaram por aqui para conhecer! Então depois de algum tempo, para que todos os materiais, dicas e ideias que eu compartilhei continuem sendo aproveitados e estejam mais acessíveis no site, resolvi  colocar uma imagem na barra lateral direita com uma chamada para a maratona.

image

Assim, aqueles que visitam pela primeira vez podem clicar ali para visualizar os posts, e os que já conhecem podem aproveitar para rever!😉

Outra modificação que fiz no site, além de uma repaginada no layout, cores, foto e descrição, foi incluir mais um item no menu com o título “recursos didáticos”. A ideia é colocar ali outros subitens como materiais para imprimir e também séries de posts com assuntos similares. Dessa forma tudo fica organizado e de fácil acesso! Logo, logo vou acrescentar mais algumas coisinhas! Aguardem!

Então, hoje o convite que deixo é para correrem essa maratona comigo mais uma vez!

 

Vamos? 

image

 

Conhecendo os Compositores

Que tal convidar os compositores para as nossas aulas?

image

Bem, eu penso que para um ensino de música em primeiro lugar (e não só de piano) é importante que o professor inclua alguns conteúdos na sua aula, como história da música, biografia dos compositores e apreciação musical, por exemplo. Esses aspectos de cultura musical geral complementam o trabalho no instrumento e enriquecem muito as aulas, proporcionando um ensino muito mais completo para o aluno.

Como eu sou muuuuuiiitttoo inquieta, estou sempre buscando novos recursos para trabalhar esses conteúdos com os alunos. Então, numa das minhas andanças pela internet encontrei umas coisinhas muito bacanas sobre os compositores que gostaria de compartilhar hoje com vocês, além de algumas outras ideias daqui do blog mesmo.

1. Biografias ilustradas: vídeo

Eu gosto muito de histórias ilustradas e elas estão se tornando cada vez mais populares em vídeo! Encontrei essas duas versões sobre Beethoven e Chopin. Há obviamente muito mais informações que poderiam ter sido dadas, mas os vídeos são  curtos. Perfeitos para crianças! Super bem feitos com texto, desenhos e música. Uma pena que o canal tenha só essas duas opções, mas espero que mais alguns compositores sejam incluídos no futuro.

2. Biografias ilustradas: livros

Além dos vídeos existem diversas coleções de livros de diferente editoras que são próprios para o público infantil. Mas eu encontrei dois que me chamaram a atenção: Chiquinha Gonzaga e Villa-Lobos! Uma excelente forma de trabalhar a vida de nossos compositores brasileiros, ou a infância deles (como no caso desses livrinhos). Eles são da editora Callis e achei para vender na livraria Saraiva.

3. Jogo da memória

  • Já falei aqui sobre a Susan Paradismas não me canso de indicar o site dela! É definitivamente uma parada obrigatória para quem quer jogos e atividades para usar nas aulas de música! Ela disponibiliza arquivos pdf, então é só imprimir e usar! Pois bem, ela tem um jogo da memória dos compositores para colar em tampas de plástico! Criativo e sustentável! Mas não se esqueçam, caso baixem o arquivo, considerem fazer uma doação para que ela continue mantendo o seu maravilhoso site!

image.jpeg

Clique AQUI para fazer o download do jogo no site da Susan

4. Quebra-cabeça com palitos de picolé 

Essa próxima dica é uma reciclagem de um post aqui do blog mesmo. Publiquei no ano passado durante a maratona. É um quebra-cabeça dos compositores! A ideia é muito simples. Abaixo segue o vídeo tutorial:

5. Sugestão de plano de aula

Depois dessas dicas todas, gostaria de sugerir um pequeno plano (que eu particularmente uso) dividido em 4 semanas e que pode ser feito usando no máximo 10 minutinhos da aula. Esse esquema funciona melhor com o envolvimento da família. Nesse caso ajudamos também a levar cultura musical geral para os lares dos nossos alunos e contribuímos para a formação de platéia.

Aula 1

  • Selecione o compositor, de preferência um que o aluno esteja tocando no seu repertório;
  • Faça a atividade do quebra-cabeça para “apresentar” o compositor ao aluno;
  • Faça perguntas para ver o que o aluno já sabe (nome, país natal, título de algumas composições…);
  • Mostre um vídeo sobre a biografia e complemente com mais alguns fatos e histórias interessantes;
  • De tarefa peça que o aluno leia mais sobre o compositor na internet ou,  se tiver um livrinho, empreste para ele ler na próxima semana. Selecione também algumas obras do compositor com link de vídeos do YouTube para ele assistir em casa.

Aula 2

  • Peça ao aluno que fale  o que leu sobre o compositor;
  • Comentem sobre as músicas que ficaram de tarefa e escutem juntos mais alguns trechos de outras composições;
  • Peça ao aluno que faça um desenho do compositor para mostrar na aula seguinte e que continue ouvindo as obras indicadas;
  • Envie uma mensagem para os pais avisando que o aluno está estudando sobre determinado compositor e incentive a família a participar escutando juntos as músicas selecionadas. Outra sugestão é que os pais peçam para seu filho contar  sobre a vida do compositor para eles.

Aula 3

  • Comece apreciando o desenho que o aluno fez;
  • Como atividade de revisão elabore afirmações corretas e incorretas sobre a vida e a obra do compositor para o aluno responder se é “verdadeiro ou falso”;
  • Mostre o jogo da memória com outros compositores que serão estudados no futuro. Apresente seus nomes e aproveitem para jogar!
  • Peça ao aluno que continue ouvindo as obras selecionadas.

Aula  4

  • Jogue mais uma vez o jogo da memória e cada vez que formar um par, peça ao aluno para falar o nome do compositor;
  • Faça um teste de apreciação musical colocando para o aluno ouvir algumas das obras selecionadas e peça que identifique o título e os instrumentos utilizados;
  • Se o aluno for bem em todas as atividades anteriores e você achar que deve dar um incentivo, pode finalizar o projeto confeccionando um certificado bem fofo de “Expert em (e escrever o nome do compositor)”. Depois é tirar uma foto e enviar para a família!
  • Como “cereja do bolo” você pode sugerir aos pais que fiquem atentos à programação cultural da cidade e levem seu filho para assistir a um concerto que inclua no programa obras do compositor estudado!

Bem, obviamente que tudo isso fica lindo no papel, mas nem sempre vai funcionar como planejamos. Por isso é importante ter flexibilidade, adaptar as atividades ao longo do processo e ver o que funcionará melhor para cada aluno. Afinal, são só sugestões mesmo!

Lembrando que essas atividades foram pensadas para serem usadas com crianças, mas nada impede que você faça os devidos ajustes para trabalhar com adolescentes e adultos.

Obs.: Dependendo da idade  e da bagagem musical do aluno seria interessante ir apresentando os períodos da história da música e situar os compositores nessa linha do tempo a medida que forem sendo estudados. Outro aspecto que pode ser abordado é a forma das composições.

Para terminar compartilho esse lindo desenho que minha aluna Julia fez de Beethoven quando ela tinha 9 anos! Fofura total!!!

image

Até a próxima e ótimo ensino de MÚSICA a todos!!!

Mirka.

Círculos, pedrinhas, argolas e confetes!

 

Pois então…

…minha ideia para essa época seria de trazer novidades do  Encontro Internacional de Pianistas de Piracicaba! Mas como infelizmente não pude ir ao curso, tirei um tempo para hibernar por uns dias e pensar em outras coisinhas que poderia compartilhar aqui!

Sempre quando preciso de inspiração para um novo post corro para o meu caderninho de anotações do imageblog! É um “lixão” de ideias, onde anoto TUDO o que acho interessante relacionado ao ensino de música e de piano. Comecei a fazer esse exercício de anotar as ideias antes de começar o projeto da maratona, mas depois disso continuei a escrever temas para os posts e isso tem sido minha fonte primária de consulta antes de publicar sobre qualquer assunto! Depois de anotar a ideia, escrevo as fontes e elaboro um passo a passo (item por item mesmo) de tudo o que preciso fazer desde a concepção do post até o produto final (o momento da publicação). Isso ajuda a quebrar as etapas e o trabalho pode ser melhor quantificado. Dessa forma tenho um sistema de início meio e fim que me permite saber o que é preciso para realizar o trabalho! Fica muito mais fácil! (Ou menos difícil…porque verdade seja dita, ser blogueira não tão simples  assim)

Bem, nas minhas idas e vindas no caderninho pensei em vários assuntos que gostaria de abordar aqui: sobre o recurso (maravilhoso) do IPad ou tablet nas aulas, resenhas sobre livros de iniciação ao piano que trouxe do NCKP, a preparação para a aprendizagem de uma nova música e a importância dos alunos identificarem padrões nesse processo, um intensivo sobre preparação para recitais e outros eventos, sobre as vantagens do trabalho colaborativo entre professores…mas o que me chamou mais atenção nesse momento são mesmo as atividades e jogos de pré-leitura e leitura na pauta! Por isso, juntei todos os materiais circulares que tenho em casa e nos próximos posts vou abordar algumas atividades divertidas que tenham como objetivo fixar conceitos de leitura de notas na pauta e também de alturas relativas!

image

Mas se vocês gostaram dos outros temas escritos anteriormente, continuem visitando o blog! Eles virão todos, em breve!

Bem, na sexta volto com círculos, pedrinhas, argolas e confetes!

Um ótimo ensino de música/piano a todos!

Mirka.

Cubo curinga!

Errata: para os que recebem os posts por e-mail, peço desculpas pelo erro na palavra “conceitos” no segundo parágrafo do post de ontem, que saiu sem a letra “i”. Convido para que leiam no site, onde a edição já foi feita e o erro está corrigido.

image

Ai, ai, ai, ai…está chegando a hora! O dia vai terminando meu bem e eu tenho que ir embora!!!! 😢😢😢 Pois é! Hoje é o último dia da maratona! Nossa, já passou!!! Foram 32 dias consecutivos de posts,  muito trabalho, algumas madrugadas para finalizar edições de vídeos, um pouquinho de correria (às vezes), muitas horas de planejamento (em média 5 horas para cada post), preparação, revisão…ufa! Mas estou feliz, muito feliz mesmo de ter concluído esse projeto, e mais feliz ainda por vocês que acompanharam, curtiram, comentaram e aproveitaram o conteúdo do blog! Esse espaço é feito para isso mesmo: dividir com vocês (além de ideias e materiais) as dúvidas, as dificuldades e também as alegrias de ser professor(a) de piano!

Mas vamos seguir com o post de hoje!
O que gostaria de propor para o nosso “faça você mesmo” é um dado, sim um cubo de papel ou cartolina que você pode imprimir, recortar e colar para usar nas aulas como quiser! É um elemento curinga e pode ser adaptado de várias formas e a vários conteúdos!

Encontrei um post no blog Espaço Educar com diferentes dados que você pode baixar e imprimir! O link é:

http://www.espacoeducar.net/2011/06/moldes-de-dado.html?m=1

A ideia depois é escrever em cada um dos lados algo que seja relacionado ao assunto a ser trabalhado com o aluno! Pode ser um cubo com sinais de dinâmica, onde o aluno toca determinado trecho de música ou improvisa uma melodia em piano ou forte, por exemplo (de acordo com o que símbolo que tirar no dado). Outra opção seria escrever células rítmicas para o aluno ler, falar a silabação ou tocar no instrumento mesmo…as possibilidades são quase infinitas! Então use sua criatividade e monte seu dado com o que quiser abordar com seus alunos!

image.jpeg

Bem, queridos colegas! A maratona chega ao final, mas o BLOG segue em frente com força total! Vou tirar uns dias de descanso e retorno na segunda dia 27/6 com uma promoção !! Vou sortear uns SUPER brindes! Não percam! Até lá!!!!!!

Um ótimo ensino de piano a todos e mais uma vez MUITO obrigada por sua companhia!

Mirka.