Os Materiais

 

 

image

Da Série PROfessores PROfissionais

Hoje vamos falar sobre os…

Materiais de divulgação e didáticos!

Vamos direto ao ponto então!

imageA ex colega de UFSM Cheisa Goulart, de Bagé – RS é um exemplo de profissionalismo com o recém inaugurado Estúdio, que leva o seu nome. Ela, além de ter feito um lindo logo, ter montado sua sala de aula ocupando parte de sua casa (dividindo o espaço com o seu marido, que é dentista), também investiu em lindos itens para divulgação de sua marca em forma de materiais. Um deles, que eu achei o mais bacana, é uma sacola de TNT azul com o logo nas cores azul e branco. Ficou simples. Ficou bonito. Ficou funcional! Isso porque os alunos usam para carregar o material das aulas e ela deu como brinde no início do ano! Muito dirão que ela poderia ter vendido, mas se pensarem que os alunos sairão por aí felizes e contentes carregando suas lindas sacolinhas, projetando a imagem do logo da Cheisa e que através disso mais pessoas ficarão sabendo do seu trabalho, então ela já saiu no lucro! Sei que muitas escolas de música fazem isso, mas ver uma professora particular de piano ter essa iniciativa, realmente mostra que ela leva muito a sério o seu trabalho e que quer divulgá-lo na comunidade onde mora! Vejam que LINDAS ficaram as sacolinhas!

 

Então se você mora em Bagé ou região e quiser fazer aulas com uma excelente professora, acesse a página da Cheisa no Facebook:

https://www.facebook.com/cheisagoulartediogocielo/

imageOutra colega que também montou um kit de materiais com seu logo foi a Adriana Moraes, de Ribeirão Preto – SP. Ela imprimiu adesivos e colou em cadernos, agendas e pastinhas para entregar aos alunos! Mais um exemplo de propaganda indireta, mas muito eficiente e bonita com coisas úteis e que certamente serão usadas pelos alunos! Quando vi as fotos no Facebook da Adriana, sabia que deveria compartilhar! Assim como eu fiquei inspirada com a atitude empreendedora dela, senti que muitos outros colegas poderia ser motivados a também fazerem o mesmo! Mais uma vez, esse tipo de kit vemos sendo entregue em escolas de música, mas raramente por um professor particular. Então, parabéns Adriana!

 

Ficaram fantásticos, não?

Bem, Adriana recentemente concluiu seu mestrado na USP de Ribeirão Preto sob a orientação da queridíssima Fátima Corvisier. O tema foi uma excelente pesquisa sobre materiais de iniciação ao piano para Adultos. Como Adriana está se especializando no assunto, em breve lançará um blog somente com informações para o ensino de alunos dessa faixa etária! Embora ainda esteja em construção, vale já mencionar aqui o endereço e futuramente vocês podem conferir! Tenho certeza de que vem muita coisa boa por aí! E se você morar em ribeirão Preto e região não deixe de entrar em contato com a querida Adriana para fazer aulas!

https://pianolar.wordpress.com/

Além de materiais de apoio e divulgação, qualquer professor de música que se preze precisa investir em livros didáticos. Espere um momento! Eu acho que escrever isso uma vez não é o suficiente. Deixe-me repetir: TODO O PROFESSOR DE MÚSICA QUE SE PREZE PRECISA INVESTIR EM LIVROS DIDÁTICOS! Ok, agora sim enfatizei bem! Querido colega! Eu sei que é caro! Eu sei que nem sempre sobra muito no final do mês. Eu sei que comprar livros parece um luxo pra quem tem aluguel e contas para pagar. Eu sei também que é muito mais fácil e cômodo usar aquele PDF que o amigo enviou pra gente por email ou fazer cópia (cruz credo, que isso me dá arrepios), mas lembre-se que embora no nosso país as pessoas infelizmente não levem muito isso a sério, esses materiais têm DIREITOS AUTORAIS, por isso comprá-los é a maneira certa de proceder. Não vou mais me alongar sobre isso. Não quero parecer antipática nem moralista, mas penso que é importante trazer alguma reflexão sobre o assunto porque vejo muito pouca gente falando a respeito e o compartilhamento de materiais protegidos segue sendo feito de forma muito natural, o que me causa muita tristeza.

imageGostaria então de citar o exemplo do Nando Sanges, um aluno recém formado no curso de Licenciatura em Música com ênfase em piano! No seu TCC ele abordou materiais de iniciação musical no piano para crianças. Mesmo estando no comecinho da sua caminhada como professor de piano, Nando SEMPRE reserva uma pequena porcentagem do seu ainda pequeno salário (ele está começando, se lembra?) para comprar livros didáticos para usar com os alunos! Que exemplo para mim e para tantos outros profissionais. Se esse menino consegue comprar um ou dois livros por mês, que é a sua meta, por que eu ou você não podemos fazer o mesmo? Sem falar que isso é um incentivo para que os pais e alunos invistam em livros também! Ou você acha que eles vão comprar se nem você faz isso? Vejam então algumas das coleções que Nando está adquirindo:

 

 

Ah, mas daí aquela pessoa que acha tudo difícil pode dizer que hoje em dia com a extinção das lojas de partitura a única forma de comprar livros é pela internet. E o problema é que não dá para abrir o livro pra ver o que tem dentro antes de comprar. Então escuta só, o Nando vai ajudar você! Ele acabou de criar um blog só para fazer resenhas de materiais didáticos para piano! Assim você pode ter mais informações antes de decidir se vale a pena comprar ou não! Tá bom pra você assim? Então acessa lá. E se você for de Santos ou São vicente – SP, procure o Nando para fazer aulas!

https://pianizando.blogspot.com.br/

Mas não é só de livros que estamos falando não! Para enriquecer as aulas existem muitos outros materiais e recursos como os jogos!

imageA querida Daiane Raatz de Porto Alegre é uma super professora que está sempre antenada com as últimas tendências de jogos e atividades para usar com os alunos. Cada vez que acesso o Facebook tem lá um post dela com uma fotinho de uns bichinhos fofos, de cartinhas, de um spinner e, é claro,  dos alunos com um sorriso no rosto aproveitando ao máximo esses materiais. Se eu fosse criança adoraria estudar com a tia Daiane! Será que ainda tem vaga? Vejam só:

 

 

E ela ainda dá as dicas de onde encontrar esses materiais. Além do blog dessa humilde serva que vos fala, a Daiane pega jogos nos seguintes sites:

www.composecreate.com
www.susanparadis.com
www.teachpianotoday.com
https://www.youtube.com/channel/UCqPsjhRIjGTf4jjAF3DZ-vQ – canal do Piano Pérolas

E agora Daiane tem uma página no Instagram onde compartilha essas fofuras de jogos e fotos dos alunos! Não dá pra perder! Então bora lá seguir:

https://www.instagram.com/daianepianostudio/

E se você mora em Porto Alegre e está procurando uma excelente professora de piano, já achou! Entre em contato com a Daiane.


E então meu amigo, minha amiga professor particular de música! Depois desses exemplos de profissionais maravilhosos, não dá mais ânimo e vontade de ser melhor a cada dia? De sair correndo pra fazer umas sacolinhas, ou adesivos ou comprar livros e fazer jogos? Se eles inspiram vocês tanto quanto a mim, então vocês devem estar super motivados para trazer materiais de divulgação e materiais didáticos de qualidade para as suas aulas!

Um ótimo ensino de música a todos,

image

 

 

Anúncios

Relembrando a Maratona

Hoje tem sessão “recordar é viver” aqui no blog!

Há pouco mais de um ano eu estava decidida a colocar o blog para funcionar de vez e fazer publicações mais frequentes! Me desafiei com a meta de fazer um post por dia durante 1 mês!  Foi algo que me fez sair da zona de conforto mesmo!! Pode acreditar! Deu trabalho, mas valeu todo o esforço! O blog ficou recheado de conteúdo e mais pessoas passaram por aqui para conhecer! Então depois de algum tempo, para que todos os materiais, dicas e ideias que eu compartilhei continuem sendo aproveitados e estejam mais acessíveis no site, resolvi  colocar uma imagem na barra lateral direita com uma chamada para a maratona.

image

Assim, aqueles que visitam pela primeira vez podem clicar ali para visualizar os posts, e os que já conhecem podem aproveitar para rever!😉

Outra modificação que fiz no site, além de uma repaginada no layout, cores, foto e descrição, foi incluir mais um item no menu com o título “recursos didáticos”. A ideia é colocar ali outros subitens como materiais para imprimir e também séries de posts com assuntos similares. Dessa forma tudo fica organizado e de fácil acesso! Logo, logo vou acrescentar mais algumas coisinhas! Aguardem!

Então, hoje o convite que deixo é para correrem essa maratona comigo mais uma vez!

 

Vamos? 

image

 

“M” de Motivação e “M” de Maratona!

image

Ah, a motivação…

…do Latim movere , ou o impulso interno que leva à ação! É o fermento para o aprendizado, o elemento essencial em qualquer aula de música! Já dei um exemplo aqui do que um aluno motivado pode fazer quando um de meus alunos aprendeu a tocar a Sonata ao Luar (primeiro mov.) com apenas 1 ano e 3 meses de aula! É um fator realmente poderoso e transformador que eu, como professora, gostaria que todos os alunos (sem exceção) tivessem. Mas nós sabemos que a realidade não é bem assim!

Tipos de Motivação:

Segundo a psicologia comportamental existem dois tipos diferentes de motivação, uma intrínseca e outra extrínseca. Na primeira (intrínseca) o indivíduo é automotivado e encontra motivos dentro de si para alcançar seus objetivos, na segunda (extrínseca) o indivíduo depende de estímulos externos para realizar a ação!

Ao longo desses anos dando aulas de piano para diferentes níveis, idades e personalidades, tenho observado que a motivação intrínseca está presente em quase 100% dos meus alunos adultos e em 80% dos adolescentes. Eles sabem porque estão fazendo as aulas, fazem porque realmente querem, tem prazer, aceitam as tarefas e encaram os desafios de forma mais positiva. Eles entendem que é preciso fazer certo esforço para alcançar o nível que pretendem no instrumento e possuem a atitude certa para tal! Nem sempre isso acontece com as crianças, elas começam a fazer aula por motivos diversos, porque viram um coleguinha tocar e acharam “legal”, por curiosidade ou (na maioria quase esmagadora) porque os pais acham importante! Com isso a motivação desse publico (com raros casos) é  do tipo extrínseca e depende MUITO do professor para criar os estímulos certos até que (espera-se) um dia o aluno consiga desenvolver uma motivação intrínseca.

Na minha luta diária para estimular, inspirar e promover um ambiente em que as crianças sintam-se motivadas nas aulas, procurei desenvolver algumas atividades ao longo do ano que ajudem a criar um senso de objetivo (especialmente porque eu trabalho com curso livre e não tenho provas ou exames semestrais). Uma dessas atividades gostaria de compartilhar com vocês hoje! Pode ser que seja útil, vamos ver!

A Maratona do Livro!

Todos os meus alunos iniciantes tem um livro de iniciação. É certo que não existe método perfeito, sempre é necessário suplementar com outros materiais. De qualquer forma gosto da ideia de trabalhar com um livro porque sei que vai trazer uma abordagem gradativa dos conhecimentos e que foi pensado e elaborado ao longo de muitos anos por um ou mais autores. Eu respeito muito isso! A questão é que muitas vezes os alunos desanimam no meio do caminho por não terem a motivação intrínseca. Eles cansam de fazer o livro e começam numa espiral de procrastinação do estudo. Então a Maratona do Livro entra para ajudar a criar uma situação de etapas a serem vencidas dentro de um determinado tempo.

Como funciona? O passo a passo:

  1. Os alunos podem “correr” a Maratona fazendo 10 páginas do livro em 1 mês (O que daria uma média de 2,5 páginas por semana! Totalmente alcançável). Cada página vale 5km. Nesse caso, ao final eles terão “percorrido” 50km;
  2. Uma outra alternativa seria “correr” Meia Maratona e fazer apenas 5 páginas, totalizando 25km;
  3. Só contam páginas com música (nesse caso eu elimino da corrida as páginas com atividades de teoria ou técnica, que eles devem fazer mesmo assim, mas não para a Maratona)
  4. As músicas devem ser bem finalizadas, tocadas no andamento, com fluência, seguindo os sinais de expressão, em português bem claro: não é para tocar de qualquer jeito!
  5. Os alunos preenchem uma ficha de inscrição com a data de início e término e marcam no seu livro a quilometragem para saber qual será a linha de chegada (ou a música final da Maratona);
  6. Eles não competem com outros alunos (tenho verdadeiro pavor da ideia de comparar um aluno com outro e NUNCA faço isso nas minhas aulas), então eles estão competem com eles mesmos. É uma corrida solo!
  7. Ao final dos 30 dias, se conseguiram alcançar a meta estabelecida ganham uma medalha, um certificado e um chocolatinho! (nem sempre gosto de trabalhar com premiações, por razões que posso explicar em outro post, mas isso funciona em certos momentos e com determinados alunos e situações);
  8. Caso o aluno tenha se esforçado muito, mas não tenha chegado lá, se se inscreveu para a Maratona completa, pode receber uma medalha de Meia Maratona!
  9. No final envio fotos para os pais parabenizando pelo desempenho da criança, o que também ajuda muito na motivação!

Pelas fotos abaixo dá pra ver a animação, o senso de realização, quando sabem que estão progredindo, que alcançaram seu objetivo! Esse é o combustível secreto para mantê-los produzindo e felizes na aulas!!!

image

E depois?

O que acontece depois é que muitos dos alunos se sentem tão animados com o pique de terem intensificado o estudo nesse um mês que continuam estudando mais. Esse aluno mordendo a medalha na foto chegou a “correr” uma maratona e meia!! Já outros ficam tão estafados que precisam de um relax. Por isso é importante identificar como cada um vai reagir para poder propor diferentes atividades e metas depois dessa atividade.

Geralmente eu faço a maratona com meus alunos longe da época do recital, quando podem focar no livro e não se sentem sobrecarregados com duas propostas ao mesmo tempo!

Abaixo deixo um PDF com materiais da Maratona para imprimir. Eles não estão assim tão bonitinhos quanto eu gostaria, estão longe do “padrão Mirka de qualidade” e precisam de um “update” urgente. Ainda assim servem para dar uma ideia e no futuro vocês aprimorarem e modificarem como quiserem com seus alunos!

 Maratona do Livro_Inscrição_Medalhas_Certificados PDF

Obs.: As medalhas são de papel com frente e verso. Depois de coladas essas duas partes pode-se plastificar, furar e passar uma fitinha. (Se você achar mais simples também pode comprar medalhas prontas em lojas especializadas em artigos esportivos).

Boa maratona a todos! 😉

Mirka.

Etiquetando os Livros📚

image

A ideia de organização de hoje é dedicada aos livros!

Desde que comecei a trabalhar como professora de piano sempre separo uma porcentagem da minha renda para a aquisição de livros! É um investimento absolutamente essencial!! Esses materiais compõem minha base de apoio para as aulas, trazem ideias e recursos novos, partituras, exercícios…Mas ao longo dos anos estou colecionando uma quantidade enorme e está ficando difícil organizar tudo de maneira eficiente. Então encontrei uma ideia simples na internet: separar por cores de acordo com o tema usando etiquetas circulares da Pimaco, aquelas que a gente usa para fechar envelopes de convite! O projeto ainda está em andamento. Abaixo coloquei algumas fotos e um vídeo explicativo!

(Observação importante: se você esta inscrito no blog e está recebendo esse post por e-mail, por favor, visite o site http://www.mirkapiano.com para poder assistir ao vídeo anexado a esse artigo. Infelizmente ele não vai funcionar via e-mail. Desculpem o transtorno.)

image

 

Boa organização a todos!!!

Mirka😀