Jogos de Spinner: PDFs prontos para IMPRIMIR!

Minha Nossa Senhora protetora dos professores de música super ocupados, me socorra!!!

Olhei a data do último post e me dei por conta de que eu não escrevia nada aqui há 7 meses! 7 MESES! Eu disse, 7 M-E-S-E-S!!!!!!!

Então, quando a vida real da pessoa está muito tumultuada, a virtual fica meio paradinha! Foi exatamente isso o que aconteceu! Não estou me referindo só as aulas, a família, o bebê, a casa, mas também aos Workshops que tenho dado Brasil afora!

Tem sido uma experiência mágica conhecer pessoalmente professores de música tão queridos e esforçados, ávidos por aprender novas ideias para melhorar seu ensino, muitos dos quais eu só interagia pelas redes sociais ou aqui no blog!! Compartilhar conhecimento com eles é uma das coisas que mais me realiza como profissional, mas dá trabalho e consome o bem mais precioso que tenho no momento: o meu tempo! Não estou reclamando não! Muito pelo contrário! Estou muito feliz e grata pelas oportunidades e logo, logo, vou fazer um post sobre isso! Só queria tentar explicar minha ausência mesmo!

Bem, aproveitando então essa semana do dia das crianças, nada melhor do que pagar minha dívida de 7 meses atrás e compartilhar os PDFs dos jogos de música usando o SPINNER. No post anterior eu fiz um vídeo com algumas ideias. Agora deixo aqui pra vocês lindos modelinhos PRONTOS para IMPRIMIR e usar com os alunos 😉 …e (lá vem a palavrinha mágica): GRÁTIS!!

 

ECF47954-5F2A-4B1B-99B1-5995304574BB

🔹

Modelo 1: SPINNER como roleta!6616FE73-875D-45A0-8163-107E60F3933F

Para esse modelo fiz duas opções, uma colorida e outra em preto e branco. Eu SEMPRE prefiro a colorida, mas compreendo que há um aumento de custos. Nesse caso, imprimir a versão em preto e branco com um papel de outra cor (amarelo, azul, verde…) já seria uma maneira mais econômica de manter o material atrativo para os alunos, especialmente as crianças. Outra forma de baratear seria pintar depois de imprimir ou dar aos alunos para eles colorirem. Em ambos os casos, o modelo que fiz está em “branco” no sentido de deixar que o professor defina qual conteúdo musical irá usar com esse jogo. Para aqueles que querem ter um material mais durável e reutilizável, sugiro imprimir em colorido e plastificar a folha. Depois é só usar a caneta de quadro branco e uma esponjinha macia para apagar.

 

 

 O colega Wellington Marafiotti, que mora na região de Ribeirão Preto, SP e é dono de uma ótima escola de música chamada Instituto Arte Musical, adaptou essa ideia usando um template bem colorido, várias opções de símbolos musicais e um SPINNER com Led! Ficou ótimo!!! Obrigada Wellington, pela generosidade em compartilhar. Vejam o vídeo (curtinho) que ele enviou:

🔹

Modelo 2: SPINNER como dado!CD939B71-BB3D-4C7E-88AE-FA5A3E177DA2

Nesse modelo incluí números, que podem substituir um dado num jogo de tabuleiro, ou para que o aluno repita um trecho de uma de suas músicas “x” vezes (sendo x = número que tirar no spinner), ou ainda para que ele toque ou escreva os intervalos. Nesse caso, o número 1 corresponderia ao uníssono, o número 2 ao intervalo de segunda, e assim por diante. Por isso, também escolhi dividir o círculo em 8 partes e não em seis, como num dado tradicional. Assim o professor tem a opção de fazer essa atividade usando os intervalos até a oitava! Nessa versão fiz também uma opção em colorido e outra em preto e branco.

 

🔹

 

Modelo 3: SPINNER como Cronômetro!0763E9A7-86BA-416D-8D02-114CC79924D0

Nesse modelo fiz uma folha pautada para o aluno escrever o nome das notas usando o SPINNER como cronômetro! Essa talvez seja a atividade mais usada por professores de música: desenhar notas no caderno pautado para que o aluno escreva o nome! Mas por que não fazer isso de uma forma mais divertida e desafiadora?

bb2f4c23-055c-455b-ada3-3e0bb67c2aa4.jpeg

Gostou? Quer imprimir AGORA mesmo e usar ainda hoje com seus alunos? Então é só clicar no link abaixo para baixar o arquivo PDF com todos os modelos de jogos com  SPINNER!!

7BED6E78-7D2C-4D4C-9E79-5679676DEFD1

Jogos de Música com Spinner MirkaPiano

 

E por hoje era isso pessoal! Nos próximos dias teremos mais novidades! Uma super parceria com Naira Poloni do curso de Piano em Grupo, jogos da linha Mirka Brinca à venda com um BIG desconto,  divulgação das datas e cidades para os próximos Workshops e o uso do Slime nas aulas de piano!! Estão curiosos??? Então não percam! Fiquem ligados!!

Desejo a vocês um ÓTIMO ensino de música!!

image

 

 

De Volta com os Aniversariantes !!

Queridos amigos e colegas professores!

Já fazia um tempo que não nos encontrávamos por aqui! Mas foi por um bom motivo, um ótimo, na verdade. Talvez alguns de vocês já saibam, mas tive meu primeiro bebê há pouco e depois de uma fase intensa de amamentação, cólicas e trocas de fralda, a vida aos poucos vai voltando ao “normal”, se é que se pode dizer… Não costumo compartilhar questões pessoais como essa, mas vocês que acompanham o blog merecem uma satisfação para o meu pequeno sumiço nos últimos meses! Então logo, logo teremos um pequeno pianista correndo pela casa!😃😃😃

 

image

Bem, o post de hoje veio como sugestão da colega Natany Hellen Braga, que é uma seguidora fiel do blog! Ela me alertou que há um tempo atrás, quando fiz o calendário de aniversários dos alunos, compartilhei somente de julho até dezembro. Então, para completar o ano trouxe hoje o arquivo com os meses de janeiro até junho! Um pouquinho atrasado, considerando que já estamos no final de abril, mas antes tarde do que nunca, não é mesmo?!

image

Calendário Aniversários_Janeiro-Junho_pdf

Aproveito e compartilho com vocês o que eu e minhas colegas professora de piano do Pianópera vamos dar de aniversário para os alunos esse ano: um lápis preto com um pianinho colado na ponta! Descobrimos essas fofuras eu e Eduardo Fontes numa andança pelo comércio do Saara aqui no Centro do Rio. Ficaram uma graça! Obrigada Tamy Oliveira que me ajudou nesse projeto e confeccionou os mimos!

image

E aproveitando para reciclar posts antigos que tem a ver com esse, eu já ensinei a fazer uma embalagem fofa para um kitkat e uns bloquinhos musicais:

Para aprender a fazer a embalagem do kitkat clique aqui

Para ver o post sobre os bloquinhos, clique aqui.

Bom, por hoje era isso!

Mas em breve eu volto com super novidades sobre o projeto Pianopérolas, sobre um material maravilhosos da professora Irina Gorin, apps de jogos e atividades para usar nas aulas e um super projeto surpresa! Aguardem!!

Um ótimo ensino de piano a todos! E FELIZ ANIVERSÁRIO!

piano cake
(Me inspirei na colega Graça Pereira do grupo de whatsapp de professores de piano. Sempre que temos alguém de aniversário ela compartilha a imagem de um bolo temático de música ou de piano! Super simpática!)

 

Mirka.

 

 

Um KIT BÁSICO para as aulas de piano!

(Desculpem, tive que modificar a data desse post de 22/9 para 23/9 porque gravei um vídeo para esse tópico (que não deu certo) e por isso levei mais tempo reescrevendo o post!)

Queridos colegas professores!

 

Vocês sabem aquelas coisinhas que usamos praticamente todos os dias com os alunos e que se a gente se esquece de levar para as aulas fazem uma falta danada? Ou se não estão à mão temos que ficar toda a hora levantando para pegar? Pois é, que tal reunir esse material e colocar em um local acessível na sala do piano? Então essa é minha sugestão: colocar numa cestinha um kit básico para ser usado nas aulas!

image

Nesse kit eu selecionei os materiais que preciso com maior frequência e que são de uso geral! Lembrando que além disso ainda tenho as pastas por dia da semana com materiais específicos a serem utilizados com cada aluno (compartilhei isso em outro post aqui no blog, para ver clique AQUI).

image

 

 Bem! Os 10 itens mais usados e que eu incluí na minha cestinha são:

 

image

Esse item NÃO PODE FALTAR! Eu uso MUITO o IPad nas aulas! É um recurso maravilhoso, versátil e muito eficiente em vários sentidos. Bem, não foi barato comprar um desses, mas posso garantir que valeu todo o investimento! Se você tem um tablet em casa sabe do que estou falando! Ele pode ser usado para ver um vídeo da música que o aluno está tocando no YouTube, usar o metrônomo virtual, fazer jogos e atividades, usar playback, etc! Além de caber perfeitamente na estante de partitura do piano. Associado a esse recurso eu uso uma caixinha de som, o que é muito útil para que se escutem gravações ou playbacks com maior conforto.

( Obs.: em posts futuros vou compartilhar diversos aplicativos para as aulas de piano com versão IOS ou ANDROID! Aguardem!)

image

Eu sempre divido meu tempo de aula em uma rotina de três partes: técnica, repertório e atividades (que incluem improvisação, composição e jogos para fixar conceitos de teoria). Então esses amiguinhos aí em cima vieram de sugestões de outros professores,  livros e blogs. Esses materiais me ajudam na primeira parte da aula com alunos  de 4 até 9 ou 10 anos para uma boa “forma de mão”, a não “quebrar as falanges”, e ter punho, cotovelo e ombros relaxados e disponíveis! (Não tenho como abordar o uso desses materiais aqui, mas num post futuro quem sabe possamos falar sobre eles e suas fontes)

Ah, e detalhe, os prendedores coloridos da foto têm função dupla, uma vez que podem também ajudar a prender aquelas páginas do livro e da pasta que insistem em fechar bem na hora que o aluno está tocando 😉

image

Quando vou ensinar uma música nova aos alunos sempre faço um trabalho de preparação que antecede a leitura propriamente dita no piano. Algumas dessas atividades são de leitura rítmica e melódica de padrões presentes na música. Por isso uso muito as baquetas com instrumentos de percussão como um tambor pequeno ou numa mesa mesmo (com o lado coberto com feltro ou lã) para explorar as células rítmicas da música. O microfone de brinquedo eu uso para o solfejo! (Para aprender a fazer o microfone de brinquedo clique AQUI)

image

Já falei sobre esse quadrinho magnético em um post anterior! Ele é leve de carregar e cabe direitinho na estante de partitura do piano! Não me canso de usá-lo nas aulas, seja para desenhar algum símbolo ou elemento musical novo, chamar atenção para a forma da música, fazer um ditado musical, ou mesmo para leitura em alturas relativas sem a pauta, como mostrei nesse vídeo AQUI. Sei que alguns de vocês devem ter um quadrinho como esse, só que com a pauta, o que é ainda melhor!!

image

Como uso muitos jogos com os alunos é importante ter em mãos um dado e marcadores coloridos, que podem ser pedrinhas, bichinhos, etc. E ímãs redondinhos são muito úteis para serem usados junto com o quadrinho magnético representando as notas!

image

Gosto muito de usar adesivos e também carimbos, tanto para parabenizar os alunos quando tocam bem quanto para chamar atenção de uma determinada parte da música que precisam estudar mais. Em um post anterior compartilhei sobre o uso dos carimbos. Para ver clique AQUI.

image

As canetas coloridas não podem faltar no meu kit, já que uso muito para preencher a agendinha de tarefas ou para marcar na partitura aqueles pontos que o aluno precisa prestar mais atenção para corrigir durante seu estudo em casa. (Para ver meu post sobre o uso de cores na agenda e nas partituras, clique AQUI). Além das canetas obviamente sempre tenho outros materiais essenciais como fita adesiva (para colar aquelas partituras soltas!!!!), lápis, tesoura, cola, clips, caneta para o quadro magnético e até uma canetinha com ponta de borracha para desenhar no iPad!

image

Esses bloquinhos autoadesivos são uma gracinha e eu uso muito para marcar a página que o aluno precisa estudar no livro, para sinalizar na própria partitura o que ele precisa corrigir (o legal é que depois é possível remover sem problemas), especialmente para aqueles que usam as partituras dentro de pastas com folhas plásticas, assim não é preciso retirá-las do plástico toda a vez que for fazer a anotação! É só colar o post it com a anotação que o aluno precisa lembrar na hora de estudar  e pronto! Também tenho uns em tamanhos maiores e com linhas para anotar a tarefa, quando os alunos esquecem a agenda em casa!

image

Bem, esse item é essencial mesmo! É muito importante ter folhas pautadas nas aulas para atividades, exercícios, ditados, composições… Daí vocês podem me perguntar: Ué, por que você usa folhas pautadas? Você não tem um caderno de música? Bem, é que eu sou a INIMIGA NÚMERO 1 desses cadernos vendidos hoje no mercado! Já viram o tamanho daquelas pautinhas? Como um aluno iniciante, especialmente uma criança vai conseguir escrever naqueles espaços menores que um filhote de formiga? Então, NÃO USO! Caderno pautado de livraria NÃO entra na minha listinha! Ao invés disso eu uso folhas pautadas avulsas em tamanhos diversos que imprimo no site da Susan Paradis! Se vocês gostaram da ideia e quiserem imprimir também, por favor, não se esqueçam de fazer uma doação a ela pelo uso do material.

Junto com as folhas pautadas sempre tenho papel sulfite A4 brano ou colorido, para diversos usos: para o origami de piano, para colar os adesivos circulares da Pimaco, para fazer um desenho sobre a música ou o compositor, etc.

image

E por último, uma prancheta! Pois é, parece meio estranho incluir esse item na minha lista, mas acreditem, pode ser muito útil para apoiar aquela partitura molenga que fica caindo da estante, ou para servir de mesinha improvisada em uma atividade ou para o aluno usar como apoio para as folhas pautadas quando for escrever suas composições ou um exercício! Quando vou na casa dos alunos nem sempre temos uma mesinha próxima ao piano para as atividades, então a prancheta é realmente uma mão na roda nessas situações!

Bem, teria outro item indispensável, mas que não coloquei na lista porque pode ser meio controverso, que é um relógio de mesa para não perder a hora da aula e não atrasar o próximo aluno. Em casa eu já tenho um relógio de parede que cumpre essa função e na casa dos alunos eu uso o celular para ver a hora. O segredo é colocá-lo num lugar estratégico onde somente o professor tenha acesso e que não seja um ponto de distração para o aluno ou que aumente sua ansiedade sobre o final da aula😉

Relógio

Bem, essa foi a minha listinha de materiais gerais para as aulas! Adoraria ouvir de vocês: Quais são os itens que não podem faltar na SUA aula e piano? Comentem abaixo!!

Um ótimo ensino de música a todos!!

Mirka.

KitKat! Um mimo para os alunos!

image

Eu mimo os meus alunos (às vezes) quando eu acho que eles merecem. Por exemplo: quando andam a “segunda milha”, me surpreendem e estudam mais do que o esperado, ou tocam MUITO bem na aula, ou ainda quando estão de aniversário. Além disso, eu e minhas colegas Nariá Assis, Raisa Richter e Viviane Gonzalez gostamos de dar um presentinho para cada aluno logo após o recital!

É lógico que para não quebrar o orçamento da profe e para agradar a maioria dos alunos, nada melhor do que um chocolatinho! Salvo raríssimas exceções (alunos com intolerância a lactose ou os que não são fãs mesmo de chocolate), esse é o presente que praticamente todos gostam de ganhar! Mesmo aqueles com diabetes podem comer uma opção diet de vez em quando. Então, vamos de chocolate mesmo!

Mas para deixar o mimo mais especial a proposta de hoje é usar uma embalagem exclusiva com um “parabéns”, um tecladinho e a frase “Chocolate: porque quem toca piano precisa de energia!” Verdade seja dita, precisamos mesmo! Então abaixo segue o modelinho que eu criei há um tempo atrás (para o Kitkat) com direito a foto, PDF e vídeo com tutorial de “como fazer”!

image

 

Embalagem KitKat para imprimir_PDF

Agora o vídeo:

Ah! A dica final é escrever à mão o nome do aluno  com canetas coloridas no tecladinho da embalagem usando uma letra para cada tecla branca! Nesse caso o presente realmente fica SUPER personalizado.

Um doce ensino de piano a todos! 🙂

Mirka.

Para não Esquecer os Aniversários

image

Eu sou péssima com aniversários! Já cheguei a esquecer o da minha própria mãe (na época do recital final de mestrado). Eu sei, é uma vergonha!!

Então, levando em consideração essa minha séria dificuldade, achei que estava na hora de fazer uma folhinha para anotar todos os aniversários dos alunos nesse segundo semestre! Assim posso me organizar mês a mês e programar as lembrancinhas, mensagens ou telefonemas com a devida antecedência! Eles ficam felizes quando lembramos! É a mensagem que passamos para eles de que são especiais para nós, não é mesmo?

Bem, há que se observar é claro a questão de que alguns alunos não celebram essa data por convicções religiosas. Por isso, para evitar constrangimentos é sempre bom perguntar antes!

Segue a folhinha:image.jpeg

Aniversariantes do Mês (Julho-Dezembro) – PDF

Feliz aniversário então!!

Mirka.

 

 

“M” de Motivação e “M” de Maratona!

image

Ah, a motivação…

…do Latim movere , ou o impulso interno que leva à ação! É o fermento para o aprendizado, o elemento essencial em qualquer aula de música! Já dei um exemplo aqui do que um aluno motivado pode fazer quando um de meus alunos aprendeu a tocar a Sonata ao Luar (primeiro mov.) com apenas 1 ano e 3 meses de aula! É um fator realmente poderoso e transformador que eu, como professora, gostaria que todos os alunos (sem exceção) tivessem. Mas nós sabemos que a realidade não é bem assim!

Tipos de Motivação:

Segundo a psicologia comportamental existem dois tipos diferentes de motivação, uma intrínseca e outra extrínseca. Na primeira (intrínseca) o indivíduo é automotivado e encontra motivos dentro de si para alcançar seus objetivos, na segunda (extrínseca) o indivíduo depende de estímulos externos para realizar a ação!

Ao longo desses anos dando aulas de piano para diferentes níveis, idades e personalidades, tenho observado que a motivação intrínseca está presente em quase 100% dos meus alunos adultos e em 80% dos adolescentes. Eles sabem porque estão fazendo as aulas, fazem porque realmente querem, tem prazer, aceitam as tarefas e encaram os desafios de forma mais positiva. Eles entendem que é preciso fazer certo esforço para alcançar o nível que pretendem no instrumento e possuem a atitude certa para tal! Nem sempre isso acontece com as crianças, elas começam a fazer aula por motivos diversos, porque viram um coleguinha tocar e acharam “legal”, por curiosidade ou (na maioria quase esmagadora) porque os pais acham importante! Com isso a motivação desse publico (com raros casos) é  do tipo extrínseca e depende MUITO do professor para criar os estímulos certos até que (espera-se) um dia o aluno consiga desenvolver uma motivação intrínseca.

Na minha luta diária para estimular, inspirar e promover um ambiente em que as crianças sintam-se motivadas nas aulas, procurei desenvolver algumas atividades ao longo do ano que ajudem a criar um senso de objetivo (especialmente porque eu trabalho com curso livre e não tenho provas ou exames semestrais). Uma dessas atividades gostaria de compartilhar com vocês hoje! Pode ser que seja útil, vamos ver!

A Maratona do Livro!

Todos os meus alunos iniciantes tem um livro de iniciação. É certo que não existe método perfeito, sempre é necessário suplementar com outros materiais. De qualquer forma gosto da ideia de trabalhar com um livro porque sei que vai trazer uma abordagem gradativa dos conhecimentos e que foi pensado e elaborado ao longo de muitos anos por um ou mais autores. Eu respeito muito isso! A questão é que muitas vezes os alunos desanimam no meio do caminho por não terem a motivação intrínseca. Eles cansam de fazer o livro e começam numa espiral de procrastinação do estudo. Então a Maratona do Livro entra para ajudar a criar uma situação de etapas a serem vencidas dentro de um determinado tempo.

Como funciona? O passo a passo:

  1. Os alunos podem “correr” a Maratona fazendo 10 páginas do livro em 1 mês (O que daria uma média de 2,5 páginas por semana! Totalmente alcançável). Cada página vale 5km. Nesse caso, ao final eles terão “percorrido” 50km;
  2. Uma outra alternativa seria “correr” Meia Maratona e fazer apenas 5 páginas, totalizando 25km;
  3. Só contam páginas com música (nesse caso eu elimino da corrida as páginas com atividades de teoria ou técnica, que eles devem fazer mesmo assim, mas não para a Maratona)
  4. As músicas devem ser bem finalizadas, tocadas no andamento, com fluência, seguindo os sinais de expressão, em português bem claro: não é para tocar de qualquer jeito!
  5. Os alunos preenchem uma ficha de inscrição com a data de início e término e marcam no seu livro a quilometragem para saber qual será a linha de chegada (ou a música final da Maratona);
  6. Eles não competem com outros alunos (tenho verdadeiro pavor da ideia de comparar um aluno com outro e NUNCA faço isso nas minhas aulas), então eles estão competem com eles mesmos. É uma corrida solo!
  7. Ao final dos 30 dias, se conseguiram alcançar a meta estabelecida ganham uma medalha, um certificado e um chocolatinho! (nem sempre gosto de trabalhar com premiações, por razões que posso explicar em outro post, mas isso funciona em certos momentos e com determinados alunos e situações);
  8. Caso o aluno tenha se esforçado muito, mas não tenha chegado lá, se se inscreveu para a Maratona completa, pode receber uma medalha de Meia Maratona!
  9. No final envio fotos para os pais parabenizando pelo desempenho da criança, o que também ajuda muito na motivação!

Pelas fotos abaixo dá pra ver a animação, o senso de realização, quando sabem que estão progredindo, que alcançaram seu objetivo! Esse é o combustível secreto para mantê-los produzindo e felizes na aulas!!!

image

E depois?

O que acontece depois é que muitos dos alunos se sentem tão animados com o pique de terem intensificado o estudo nesse um mês que continuam estudando mais. Esse aluno mordendo a medalha na foto chegou a “correr” uma maratona e meia!! Já outros ficam tão estafados que precisam de um relax. Por isso é importante identificar como cada um vai reagir para poder propor diferentes atividades e metas depois dessa atividade.

Geralmente eu faço a maratona com meus alunos longe da época do recital, quando podem focar no livro e não se sentem sobrecarregados com duas propostas ao mesmo tempo!

Abaixo deixo um PDF com materiais da Maratona para imprimir. Eles não estão assim tão bonitinhos quanto eu gostaria, estão longe do “padrão Mirka de qualidade” e precisam de um “update” urgente. Ainda assim servem para dar uma ideia e no futuro vocês aprimorarem e modificarem como quiserem com seus alunos!

 Maratona do Livro_Inscrição_Medalhas_Certificados PDF

Obs.: As medalhas são de papel com frente e verso. Depois de coladas essas duas partes pode-se plastificar, furar e passar uma fitinha. (Se você achar mais simples também pode comprar medalhas prontas em lojas especializadas em artigos esportivos).

Boa maratona a todos! 😉

Mirka.

Susan Paradis! Minha Inspiração

image

(A-ha!!!! Acharam que o post de hoje não viria? Bem, 22h mas ainda está valendo. Um pouco de correria por conta de um recital de duetos dos alunos adolescentes amanhã, mas deu tudo certo! Está aí a indicação do dia que vale ouro!!)

Um dos meus maiores objetivos ao criar esse blog é inspirar outros colegas professores que, por sua vez,  vão inspirar os seus alunos. Então assim como desejo isso para as pessoas que acessam meus posts, eu da mesma forma tenho os blogs que sigo e que me inspiram com ideias e recursos que enriquecem (e muito) minha maneira de ensinar. Um deles é o da SUSAN PARADIS.

image

http://www.susanparadis.com

imageA Susan Paradis é uma professora de piano estadunidense que mora em Houston-Texas e tem um site MARAVILHOSO onde compartilha diversos materiais, atividades, jogos, partituras de nível elementar…É uma fonte quase inesgotável de recursos didáticos que ela elaborou ao longo de 10 anos para fixar conceitos musicais e que foram elaborados de forma a tornar a aula muito leve e divertida!

imageimage

imageimage

Como vocês podem ver pelas imagens acima, os materiais são de um apelo visual incrível e estão disponíveis para imprimir em formato PDF. Super fácil e rápido de baixar. Cada um deles tem uma descrição com instruções de uso. Ok, mas quanto custam? Bem, a Susan é uma pessoa extremamente generosa e oferece seus materiais para outros professores baixarem a vontade, porém há no site um botão de doação! A dica é que se baixarem alguma coisa, considerem a possibilidade de doar uma quantia que vocês achem justa. Não há sugestão de valor, então fica a cargo de cada um decidir quanto cada material vale! Mas o fato é que ela deve ter levado muito tempo, dedicando horas e mais horas para construir tudo o que está lá e portanto merece receber algum retorno! Para isso você vai precisar de um cartão de crédito (acho que teria que ser internacional). Eu geralmente baixo muitos materiais, então de tempos em tempos faço um depósito grande referente a tudo o que utilizei naquele período. Numa dessas vezes recebi um email dela agradecendo e no qual ela se disponibilizava a traduzir alguns dos jogos para o português. Não é uma fofa?

Bem, a única questão é que o site (obviamente) é em inglês, mas muitos materiais podem ser aproveitados ou adaptados mesmo assim. Espero que eles sejam tão úteis para vocês quanto eles têm sido para mim e meus alunos!

Então era isso!! Bom ensino de piano a todos,

Mirka.