Curso de Leitura Musical

Minha gente!

Fazia tempo que não nos encontrávamos! Então venho aqui acabar com esse vácuo do blog para divulgar um curso que darei em São Paulo no próximo dia 15 de junho de 9h até às 17h!

Quer saber se esse curso é pra você?

VOCÊ…

É professor de música e sabe que ler partitura é importante para a formação musical dos alunos?
Gostaria que eles fossem fluentes na leitura das notas, ritmo e demais símbolos musicais?
Quer aprender técnicas, atividades e jogos para ensinar leitura de forma leve e divertida?
Tem alunos resistentes que não querem ler de jeito nenhum?
Ou simplesmente gostaria de diversificar seus materiais para tornar suas aulas mais ricas, variadas e eficientes?

Então esse curso é para VOCÊ!

Nele vamos aprender:👇
1. Diferentes abordagens de leitura
2. Como preparar o aluno para aprender uma música nova
3. Dicas de como planejar o ensino de forma gradual
4. Atividades de leitura divertidas e estimulantes
5. Novos jogos para tornar os alunos fluentes na leitura rítmica e das notas

Todo o conteúdo poderá ser usado em modelo de aula professor/aluno, aulas em grupo ou turmas.

Os participantes receberão uma handout (resumo) com os tópicos principais do curso, com dezenas de ideias, dicas e atividades. Os inscritos também poderão adquirir jogos da linha Mirka Brinca com desconto no dia do curso.

Como bônus, Mirka dará 20 dicas de um bom atendimento, para encantar pais e manter alunos!

F86E117D-5E29-4EAA-B7DB-214A66FB98AF

Técnicas, atividades e jogos para ensinar LEITURA MUSICAL
Dia 15 de junho de 9h até às 17h em São Paulo
Na sala da Patricia Cervantes / colado no metrô Clínicas
Ministrante: Mirka da Pieva

Não vai poder ir pra SP participar? 😭Não fica triste!!! Vai ter online!!!!!🎉🎉🎉

Manda um WhatsApp pra Patricia AGORA pra se inscrever

 (11) 98352-5806

As vagas são LIMITADAS e costumas se esgotar rapidinho!!!

Vejo vocês lá!!!!!

image

 

 

 

 

Em Clima de Olimpíadas!

image

 

Então! Vamos nessa! Em clima de Olimpíadas vim hoje propor um Desafio Olímpico de leitura na Clave de Fá!

Mas primeiro vamos relembrar  o último post, quando compartilhei uma ideia genial do amigo e colega Eduardo Fontes. É um esquema super legal para ajudar a memorizar as notas nos espaços e linhas da Clave de Fá!

image

A ideia hoje é praticar essas mesmas notas num desafio de leitura usando o tema das Olimpíadas, com direito a medalhas de bronze, prata e ouro no final!! Vejam o vídeo e o pdf!

Para baixar o PDF do Desafio Olímpico na Clave de Fá é só clicar AQUI!!

Um ótimo desafio e muitas medalhas a todos!

Mirka.

Mais uma SUPER ajuda para a Clave de FÁ!

Queridos amigos e colegas!

Vocês talvez compartilhem da minha luta em acabar com o triste estigma de que a Clave de FÁ é “mais difícil do que a de SOL”. De onde os alunos tiraram isso? Bem, deve ser de nós professores, que favorecemos a leitura da Clave de SOL! Sim, vamos assumir, pessoal! Fomos nós mesmos que criamos essa falha na Matrix!

image

Tentando corrigir esse equívoco, escolhi o Piano Lessons da Hal Leonard como um dos métodos de iniciação que uso justamente porque começa com a leitura na pauta pela Clave de FÁ! Isso é para ver se espanto de uma vez esse terror da vida musical dos alunos logo de cara! Mas a luta deve continuar!

Bem, seguindo nesse pensamento, compartilhei com vocês durante a maratona um cartão com Notas de Âncora, para ser usado como guia na hora de encontrar as notas da Clave de FÁ!

image

Nessa mesma época o amigo e colega Eduardo Fontes me passou um outro esquema que ele usa com os alunos! Achei genial e, com a devida autorização e créditos, compartilho aqui com vocês hoje! (SUPER Obrigada, Eduardo!!!!!!) É parecido com o cartão da Clave de SOL (“fala de mim e meu sol se refaz”), nas linhas e espaços! Mas as frases dessa vez são: “Lá dorme o Sol” (para os espaços) e ” Só se o Ré falar” (para as linha). A partir daí surgiu a ideia de organizar tudo nesse desenho divertido. Essa pode ser mais uma ferramenta fantástica em ajudar os alunos nesse início, enquanto ainda não têm a leitura automatizada!  Abaixo segue a figura e pdf em colorido e preto e branco (para colorir)!

image

Para baixar o PDF das notas nos ESPAÇOS E LINHAS da Clave de FÁ clique AQUI!

Gostaram? Então na semana que vem eu volto com uma opção de jogo para treinar essas notas usando pedrinhas ou ímãs ! Não percam! Até lá!

Obrigada mais uma vez, Eduardo! Adorei esse post colaborado de hoje!!

Um ótimo ensino de Clave de FÁ a todos!!!!!!!!

Mirka🎹

Colorindo a Partitura

image

Em um post anterior abordei a questão da importância de anotar a tarefa com clareza para ajudar o aluno a ter um estudo mais eficiente em casa! Gosto  de usar cores diferentes para cada tópico do dever de casa, especialmente com as crianças! Mas além disso, também costumo colorir a partitura!

No início era assim:

image

 

Essa sonata para violino encontrei outro dia desses no Facebook!! Bem, brincadeiras à parte, as partituras dos meus alunos estão longe desse nível de poluição visual, mas quando comecei a lecionar usava somente lápis de escrever para marcar o que deveria ser corrigido. Não levou muito tempo para perceber que de uma aula para a outra  as anotações novas se confundiam com as antigas e acabavam se perdendo. Em resumo, o aluno já não prestava a devida atenção e o que era pior,  os erros se mantinham! Foi então que eu comecei a usar cores! Uma ideia ridiculamente simples, mas que ajuda muito, especialmente os alunos com dificuldade de foco e atenção!

Então, como rata de papelaria assumida que sou, estou sempre munida de canetinhas marca texto, canetas esferográficas e hidrocores coloridas, bem como post-it (em português: bloco autoadesivo)!

image

Sobre os bloquinhos autoadesivos, na National Conference for Keyboard Pedagogy em Chicago no ano passado assisti a um workshop com as maravilhosas Diane Hidy e Elissa Milne, no qual  sugeriram esse recurso para alunos com dificuldade de concentração. Elas deram vários exemplos e um deles foi o de utilizar post-it para marcar na partitura onde deveria estar o foco do aluno. Outra ideia seria utilizar um postit gigante (ou papéis coloridos) para cobrir parcialmente a partitura, revelando ao aluno apenas um trecho ou um aspecto específico da música que deva ser o foco de atenção naquele momento (uma condução de baixo, uma progressão harmônica, um padrão rítmico, uma linha melódica, o dedilhado de uma passagem escalar…)

Vejam os exemplos abaixo:

image

Até aí tudo bem, os post-its são recursos temporários e podem ser retirados quando não forem mais necessários, mas  agora falando bem a verdade eu achava um sacrilégio escrever de caneta, especialmente nos livros dos alunos. Ainda bem que me despreendi dessa quase “tradição” de escrever somente a lápis e questionei sua eficiência! Foi então que ficou claro para mim que mais importante do que o “medinho” de colorir a partitura do aluno de caneta, é que ele efetivamente compreenda o que deve ser feito! Por isso, cada anotação nova vai com uma cor diferente e eu reforço na agenda escrevendo (por exemplo): “observar anotações em vermelhon na partitura”!

image

Tem dado resultado e a probabilidade do aluno não lembrar o que deve ser corrigido ou no que ele deve prestar atenção na hora de estudar diminuiu muitíssimo! Então, que tal? Vamos colorir a partitura?

image

 

Um ensino de música bem colorido a todos!

Mirka.